Notícias

04.10.2019

Projeto Prendas do Cerrado visita a Câmara de São Gabriel

Cb image default
Foto: Divulgação/ASCOM

Na manhã de sexta-feira (04) recebemos na Câmara Municipal de São Gabriel do Oeste um grupo de jovens que integram o projeto “Prendas do Cerrado” para conhecer a função do Poder Legislativo, bem como, seu funcionamento e regimentos. Participam deste projeto meninas de 13 e 14 anos.

O projeto Prendas do Cerrado tem o intuito fortalecer o papel da mulher na sociedade por meio de pontes como, por exemplo, representatividade, sororidade e igualdade de direitos, entre outros pontos fundamentais que devem ser discutidos.

A Promotora de Justiça, Isabelle Albuquerque dos Santos Rizzo, comentou sobre as visitações e o objetivo do Prendas do Cerrado.

“Este é um projeto de empoderamento feminino. [...] Infelizmente ainda vivemos em uma sociedade que ainda há muita discriminação em razão do gênero feminino, então abrimos esse leque e mostramos para elas as possibilidades que elas têm no futuro. Além da programação das palestras motivacionais que estamos realizando, fazer visitas a órgãos públicos e instituições privadas, destacando principalmente o trabalho de mulheres nessas instituições, elas terão a ideia e noção dentro do município onde as mulheres podem exercer as suas funções”, disse a Promotora de Justiça, Isabelle Rizzo.

Recepcionadas pela vereadora Rose Pires no Plenário vereador Joaquim Honório Sobrinho (Sr. Quinca), as meninas debateram diversos assuntos pertinentes ao papel do vereador como sua função, composição e função da mesa diretora, setores administrativos, estudos de projetos e idades mínimas para candidatura. A vereadora também falou da importância das mulheres serem ativas na política e da representatividade delas neste meio.

Conforme a nossa Constituição é necessária a idade mínima de trinta e cinco anos para presidente e vice-presidente da República e senador; trinta anos para governador e vice-governador de estado e do Distrito Federal; vinte e um anos para deputado federal, deputado estadual ou distrital, prefeito, vice-prefeito e juiz de paz; e dezoito anos para vereador.

“Estamos há quatro meses nesse projeto que já abriu muitas portas e oportunidades, agregando coisas boas para as nossas vidas. Este projeto ele consiste em elevar a autoestima, tornar mulheres empoderadas e fazer com que nós imaginássemos o nosso futuro. Está sendo uma experiência muito legal e única, fomos a diversos lugares, diversas palestras e eu realmente não esperava. Em relação à política muitas pessoas tem uma ideia errada de que político é ladrão e rouba, mas não é assim que funciona. A Câmara é um lugar incrível onde as pessoas estão dispostas a ajudar a população”, comentou Paola Biral.

Após a recepção no Plenário as jovens bateram um papo com o Presidente desta Casa de Leis, vereadores Valdecir Malacarne e visitaram os demais ambientes da Câmara.

“A conversa fluiu bastante, colocamos a importância da juventude de hoje em dia também falar sobre política, quebrar um pouco desse tabu e elas saberem que temos a necessidades de termos pessoas boas na política dentro dessa juventude, quem sabe possivelmente, não saia uma vereadora deste grupo”, finaliza a Promotora de Justiça, Isabelle Rizzo.