Notícias

27.11.2019

Movimento Norte Forte MS é apresentado para lideranças de São Gabriel do Oeste

Cb image default
Foto: Divulgação/ ASCOM

A Câmara Municipal de São Gabriel foi sede, na noite de segunda-feira (25), para a apresentação do Movimento Norte Forte MS, que envolveu várias lideranças de diferentes seguimentos do município. O Movimento foi apresentado por integrantes do Programa LIDER, formado por doze municípios e organizado pelo Sebrae/MS. São Gabriel do Oeste participa deste programa com nove integrantes onde proporcionou sete encontros, preparando lideranças a fim de construir uma agenda de desenvolvimento econômico para a região norte de Mato Grosso do Sul, traçando metas até o ano de 2030.

A proposta do programa Líder é estimular a criação de um ambiente favorável aos pequenos negócios para o desenvolvimento regional sustentável por meio de uma metodologia de mobilização, qualificação e integração de lideranças. Participa ativamente empresários, executivos, gestores municipais e representantes de entidades da sociedade civil.

Através da agenda de desenvolvimento, nominada de “Movimento Norte Forte MS”, identificou-se as demandas, apresentando metas com ações focadas na geração do desenvolvimento econômico através de macro-objetivos: agronegócio e turismo; trabalho e renda plenos e adesão da sociedade ao Movimento Norte Forte.

Conhecendo as potencialidades da região, os líderes pautaram os indicadores, metas e estratégias para consolidar, agregar valor e ampliar as cadeias produtivas do agronegócio através da realização de feiras; reuniões com lideranças setoriais; implementação do “Livre Comércio Regional”; estudo de viabilidade técnica, econômica e ambiental para instalação de indústria de celulose na região; e criação de um porto seco para otimizar a implementação em exportação e importação.

Para fortalecer o turismo estão sendo propostas para realização de reuniões com lideranças do Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento Sustentável da Bacia do Rio Taquari (COINTA) e Agência de Desenvolvimento Econômico Cerrado Pantanal (ACEPAN); viabilização da integração entre as iniciativas e definição de ações regionais de fortalecimento dos Conselhos Turísticos e a inserção da iniciativa privada no contexto.

As inovações tecnológicas também estão inseridas no desenvolvimento econômico como definição das novas tecnologias aplicáveis ao agro com maior potencial de contribuição para a produtividade; conhecendo novos projetos científicos que podem integrar ao Movimento e novas fontes de energia sustentável a serem definidas no próximo ano.

O trabalho e renda possuem quatro pontos que contemplam todas as áreas iniciando na educação até a liberdade econômica, tratando da educação cultural regional, tecnológica, financeira, cooperativa e empreendedora competente para os jovens; educação profissionalizando competente para hoje e amanhã; oferta e demanda de profissionais, produtos e serviços; simplificar, desburocratizar e promover a liberdade econômica.

A partir das iniciativas de desenvolvimento a sociedade em geral também é inserida dentro do planejamento para a sua adesão e efetivo sucesso com o envolvimento de formadores de opiniões regionais, grande público da região, lançamento do Movimento Norte Forte, adesões de parcerias estratégicas e Fóruns Itinerantes.

“Todos nós participantes do encontro temos a missão de fazer este transbordamento visando trazer mais pessoas para esta ideia. [...] Em cima de cada uma das estratégias possui um responsável para cada atividade, porém, a importância de aumentarmos de 30 para 100. Queremos que cada pessoa contribua com o Movimento, trazendo mais conhecimento”, comentou a empresária e integrante do Movimento, Francine Maccari.